terça-feira, 27 de agosto de 2013

Jogador Messi: de autista e anão a Bola de Ouro

HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO


A matéria abaixo foi extraída do site português Futebol Total News.
Lionel Messi não teve vida fácil, desde criança que era muito apegado à bola, mas desde cedo lhe foram diagnosticados alguns problemas.
Aos 8 anos Messi foi considerado autista, e aos 11 anos foi-lhe detectado um problema hormonal que lhe retardava o desenvolvimento ósseo e consequentemente o seu crescimento. Aos 13 anos, foi mesmo considerado anão.
O talento de Messi desde cedo sobressaiu  em relação aos outros meninos, mas os pais tiraram-no da equipa onde jogava porque houve um jogo que não tinham dinheiro para pagar os bilhetes e o clube não os deixou assistir ao jogo do seu filho.
Aos sete anos o pai volta a inscrever Messi para fazer aquilo que mais gostava, conduzir a bola com o seu pé esquerdo e driblar tudo e todos.
Mas, os diagnósticos médicos alarmaram Messi, e os custos do tratamento alarmaram seus pais. Messi tinha que fazer um tratamento durante 42 meses, que consistia em apanhar injecções de somatropina, uma hormona de crescimento inscrita na tabela de produtos proibidos pela Agência Mundial de Antidopagem e só autorizada para fins terapêuticos.
Os tratamentos tinham um custo de 1000 euros mensais, quatro meses de rendimentos da família de Messi, que vivia num bairro pobre de Rosário. Durante 18 meses os tratamentos foram pagos pela fundação onde o pai trabalhava, até que a fonte secou. Como o Newells Old Boys, clube onde brilhava Messi não quis pagar o tratamento, seu pai ofereceu Messi ao River Plate, e como o River mostrou interesse em Messi, o Newells voltou atrás e ofereceu 200 pesos por mês a Messi, dinheiro insuficiente para pagar os tratamentos.
Sem tratamentos contra o nanismo, os prognósticos médicos eram arrasadores, Lionel Messi chegaria à idade adulta com 1,50 metros de altura, no máximo.
O pai de Messi não se resignou, ele sabia que o filho, pequeno no corpo, mas gigante no talento, tinha tudo para vingar no mundo do futebol.


A famíla Messi foi mais forte, e com a ajuda de uma tia de Lionel, emigrada na Catalunha, a famíla viajou para Lérida, Messi tinha 12 anos. Dias depois o pequeno prodígio foi fazer testes ao Barcelona, e com a bola quase a dar-lhe pelos joelhos, com uma enorme habilidade, logo maravilhou os treinadores do Barça.
Carles Rexah, director desportivo do clube, hesitava em contratar Messi, até que o viu treinar, e depois de ver o craque em acção não hesitou e tratou logo de fazer o seu contrato. Tal foi o seu espanto, quando o pai de Messi apenas pediu para que o clube pagasse os tratamentos do seu filho. Foi dito e feito.
Em 2003 a milagrosa hormona faria de Messi um rapagão de 1,69 metros, actual altura do prodígio.
Aos 17 anos Leo, que foi o nome que lhe deram no Barça, entrou para o Barcelona B, mas só efectuou 5 jogos, o seu enorme talento reclamava maiores palcos. Rapidamente começou a jogar na equipa principal.
A 16 de Outubro de 2004, o prodígio estreou-se na liga espanhola, num dérbi com o Espanhol. No dia 1 de Maio de 2005 entrou para a história do Barça, marcou ao Albacete e tornou-se o mais jovem jogador a marcar um golo pelo Barcelona. Aos 17 anos começou a lenda.
Desde então Leo tem espalhado magia pelos relvados por onde passa.
Em 2005 foi eleito Golden Boy, melhor jogador do mundo e melhor jogador do Mundial sub-20.
Em 2008/2009 foi eleito o melhor atacante e melhor jogador da Liga dos Campeões.
Em 2009 foi eleito melhor jogador da final e melhor marcador do Mundial e teve a consagração máxima, foi eleito Melhor Jogador do Mundo de 2009, com um feito inédito do Barça; Campeão de Espanha, Vencedor da Taça do Rei, Vencedor da Supertaça Espanhola, Vencedor da Supertaça Europeia, Vencedor da Liga dos Campeões e Vencedor do Mundial de Clubes.
Lionel ajuda instituições que cuidam de crianças com Síndrome do X Frágil –também conhecida como síndrome de Martin & Bell – é a 2ª causa herdada mais comum de atraso intelectual, e é também a causa conhecida mais comum do autismo. O ex-treinador Jorge Valdano, em entrevista ao jornal La Nación, disse que “Alcanzar esos niveles de celebridad sin confundirse es imposible, salvo que uno sea un superdotado o un autista…” sobre o não deslumbramento do craque em relação a sua importância para o futebol mundial.
Em 2010 e pela 2ª vez consecutiva foi eleito Melhor Jogador do Mundo.
O prodígio considerado um dos melhores do Mundo de sempre, já é comparado a Maradona.
O menino que o Barça contratou pelo custo da terapia de crescimento é hoje a maior jóia do futebol mundial, o menino pobre que vivia num bairro de La Heras é hoje multimilionário, o menino que algumas equipas recusaram é hoje O Melhor do Mundo. Tudo graças a um pai que nunca desistiu do seu filho e tudo fez para conseguir que ele vingasse não só no futebol mas também na vida.
Messi deve tudo ao seu pai, que nunca desisitiu do seu sonho, curar o seu filho.
Fonte: http://www.deficienteciente.com.br/2011/07/jogador-messi-de-autista-e-anao-a-bola-de-ouro.html

Inclusão já!


quarta-feira, 21 de agosto de 2013

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Semana Senac de Inclusão e Diversidade

O Senac Consolação realiza, de 1º a 5 de outubro, a 8ª edição da Semana Senac de Inclusão e Diversidade. O tema deste ano é Mercado de Trabalho, Diversidade Profissional e Valorização da Competência.



Esse é um espaço de promoção do diálogo e compartilhamento de experiências em torno do tema inclusão social e educacional.


O evento é aberto a educadores, gestores de recursos humanos e do terceiro setor, estudantes, empresários, profissionais da área da saúde e público interessado no tema.

Todas as atividades da semana contarão com audiodescrição e interpretação em Libras.


Senac Consolação
Rua Dr. Vila Nova, 228 - 1º andar - Centro
São Paulo - SP
E-mail: consolacao@sp.senac.br
Telefone: 11.2189-2100
Data e Horário
01/10/2013 até 05/10/2013
Preço
Participação gratuita 


Programação:
Workshop de Inclusão com apresentação do curtas Dicas de Convivência, do Instituto Mara Gabrilli
Data e horário: 
01/10/2013 das 14 às 17 horas

Pedro Paulo Barros Zogbi
Psicólogo, especialista em Educação Inclusiva e Deficiência Intelectual pela Faculdade de Educação da PUC. Experiência em recrutamento e seleção de pessoas com deficiência, atuação com programas de Responsabilidade Corporativa em Diversidade. Docente do Senac Consolação, atuando na capacitação de jovens e em programas de inclusão de pessoas com deficiência no ambiente corporativo.

Oficina de Libras: Noções Básicas de Cultura Surda e Como se Comunicar com Surdos
Data e horário: 
02/10/2013 das 15 às 16 horas

Eduardo Pereira Silva
Bacharel em Teologia, formado pela Feneis no curso de Instrutores de Libras. É docente de Libras do Senac Consolação e da Faculdade Teológica Batista de São Paulo.

A oficina será realizada na sala 411 – 4º andar

Oficina: Sem Sentido, tem Sentido – Como a aprendizagem ocorre quando se é privado do sentido da visão?
Data e horário: 
02/10/2013 das 16h30 às 17h30

Teresa Pereira
Psicopedagoga pós-graduada pelo Instituto Isabel/RJ, Especialização em Deficiência Intelectual pela UGF/SP, Formação em Pedagogia pela Faculdade Cândido Mendes com habilitação em Direção Escolar. Formações no Programa de Enriquecimento Instrumental para cegos – PEI Tátil- Instituto Feuertein/ Paris e no Curso Learning Potential Assessment Device (LPAD)- ICELP (International Center for the Enhancement of Learning Potential - Jerusalém / Israel. Especialista em mediação cognitiva pelo ICELP. Docente da área de Educação do Senac Consolação e consultora de desenvolvimento das Oficinas de Raciocínio Lógico.

A oficina será realizada na sala 411 - 4º andar

Sessão Pipoca: Colegas, de Marcelo Galvão
Data e horário: 
02/10/2013 das 19 às 21 horas

A atividade será realizada no Auditório Nobre - térreo

Sessão Pipoca: Intocáveis, de Eric Toledano
Data e horário: 
03/10/2013 das 15 às 16 horas

A atividade será realizada no Auditório Nobre - térreo

World Café: As diferentes posturas empresariais frente ao processo de inclusão
Data e horário: 
03/10/2013 das 19 horas às 21h30

Pedro Paulo Zogbi
Psicólogo, especialista em Educação Inclusiva e Deficiência Intelectual pela Faculdade de Educação da PUC. Experiência em recrutamento e seleção de pessoas com deficiência, atuação com programas de Responsabilidade Corporativa em Diversidade. Docente do Senac Consolação, atuando na capacitação de jovens e em programas de inclusão de pessoas com deficiência no ambiente corporativo.

A atividade será realizada na sala 114 - 1º andar

Roda de Conversa: Mercado de trabalho, diversidade profissional e valorização da competência
Data e horário: 
04/10/2013 das 18h30 às 21h30

Roseli Behaker Garcia - Graduada em Letras, pós-graduada em Linguagem das Artes e mestre em Educação, Arte e História da Cultura. Profissional da área de Recursos Humanos há 17 anos, ministrando palestras sobre inclusão, mercado de trabalho, motivação. Representou o Brasil no Congresso Internacional para Mulheres com Deficiência Visual no Canadá em 1996. Atriz há oito anos pela Oficina dos Menestréis dirigida por Deto Montenegro.

Pedro Paulo Zogbi- Psicólogo, especialista em Educação Inclusiva e Deficiência Intelectual pela Faculdade de Educação da PUC. Experiência em recrutamento e seleção de pessoas com deficiência, atuação com programas de Responsabilidade Corporativa em Diversidade. Docente do Senac Consolação, atuando na capacitação de jovens e em programas de inclusão de pessoas com deficiência no ambiente corporativo.

Silvana Cambiaghi - Arquiteta, mestre em desenho universal pela Faculdade de Arquitetura da Universidade de São Paulo, desenvolve trabalho na Prefeitura de São Paulo sobre acessibilidade. É fundadora da Comissão Permanente de Acessibilidade de São Paulo (CPA), membro do grupo de trabalho da revisão de Normas Técnicas de acessibilidade da ABNT. É docente de cursos de Mestrado em Design e em Tecnologia Assistiva. Ministra palestras no Brasil e no exterior e ganhou no ano de 2000 o prêmio internacional "Horizontes que convergem" conferido pela Universidad de Guanajuato (México).

Marçal Souza - Produtor executivo do filme Colegas, o paranaense, nascido em Porecatu, fixou-se em São Paulo, onde iniciou sua carreira ainda jovem, em filmes do diretor argentino Hector Babenco. A longa parceria, iniciada com O rei da noite (1976), rendeu os premiados Lúcio Flávio, o passageiro da agonia, Pixote: a lei do mais fraco, O Beijo da Mulher Aranha e Brincando nos campos do senhor. Além de Babenco, Marçal produziu cineastas renomados como Francisco Ramalho Jr., Ugo Giorgetti, Walter Hugo Khouri, André Klotzel, Sergio Rezende, Marcelo Galvão, entre outros.


Ariel Goldenberg e Rita Pokk - Atores protagonistas do filme Colegas - Atuaram pela primeira vez juntos numa versão teatral de "Romeu e Julieta". Ariel conseguiu papéis na novela "Jamais Te Esquecerei" (2003), do SBT (na qual Rita fez uma participação), e num episódio da série global "Carga Pesada". Depois, já casados, ficaram conhecidos nacionalmente ao participar do documentário "Do Luto à Luta" (2005), de Evaldo Mocarzel, vencedor de seis prêmios no Festival do Recife.

Mediação
Marta Gil - Consultora, socióloga, Coordenadora Executiva do Amankay Instituto de Estudos e Pesquisas, Fellow da Ashoka Empreendedores Sociais e colunista da Revista Reação. Autora do livro “Caminhos da Inclusão – a trajetória da formação profissional de pessoas com deficiência no Senai SP”

Palestras - sábado
Data e horário: 
05/10/2013 das 9 às 18 horas

Intolerância: Preconceito ou incompreensão? - das 9h30 às 11 horas

Marcelo Reis Clemente - Mestre em Educação e Saúde , pedagogo é psicopedagogo clínico e institucional. Professor de pós-graduação, consultor pedagógico e empresarial, palestrante com experiência em treinamento e desenvolvimento de pessoas. É responsável pelo Blog www.rumosdainclusao.blogspot.com.br e docente da área de Tecnologia da Informação do Senac Consolação.

A Inclusão no Trabalho Começa na Empresa ou na Família? - das 11 horas às 12h30

Marta Gil - Consultora, socióloga, Coordenadora Executiva do Amankay Instituto de Estudos e Pesquisas, Fellow da Ashoka Empreendedores Sociais e colunista da Revista Reação. Autora do livro “Caminhos da Inclusão – a trajetória da formação profissional de pessoas com deficiência no Senai.

Ver o Outro: dialogar e compreender para incluir - das 13h30 às 14h30

Roseli Behacker Garcia - Graduada em Letras, pós-graduada em Linguagem das Artes e Mestre em Educação, Arte e História da Cultura. Profissional da área de Recursos Humanos há 17 anos, ministrando palestras sobre inclusão, mercado de trabalho, motivação. Representou o Brasil no Congresso Internacional para Mulheres com Deficiência Visual no Canadá em 1996. Atriz há oito anos pela Oficina dos Menestréis dirigida por Deto Montenegro.

Eu Posso Você Pode – A capacitação profissional enquanto ferramenta educacional para inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho – das 14h30 às 15h30

Pedro Paulo Zogbi - Psicólogo, especialista em Educação Inclusiva e Deficiência Intelectual pela Faculdade de Educação da PUC. Experiência em recrutamento e seleção de pessoas com deficiência, atuação com programas de Responsabilidade Corporativa em Diversidade. Docente do Senac Consolação, atuando na capacitação de jovens e em programas de inclusão de pessoas com deficiência no ambiente corporativo.

Segurança no Trabalho e o Compromisso de Incluir – das 15h30 às 16h30
Silvana Cambiaghi - Arquiteta, mestre em desenho universal pela Faculdade de Arquitetura da Universidade de São Paulo, desenvolve trabalho na Prefeitura de São Paulo sobre acessibilidade. É fundadora da Comissão Permanente de Acessibilidade de São Paulo (CPA), membro do grupo de trabalho da revisão de Normas Técnicas de acessibilidade da ABNT. É docente de cursos de Mestrado em Design e em Tecnologia Assistiva. Ministra palestras no Brasil e no exterior e ganhou no ano de 2000 o prêmio internacional "Horizontes que convergem" conferido pela Universidad de Guanajuato (México). Autora do livro, "Desenho Universal: Métodos e Técnicas para arquitetos e Urbanistas" Editora SENAC São Paulo 2007.

Apresentação artística com Roseli Behacker Garcia – das 16h45 às 17 horas.



Informações e inscrições:

E-mail: consolacao@sp.senac.br
Telefone: 11.2189-2100

Dica de leitura: TRANSTORNOS DE CONDUTA – SÍNDROMES DIVERSAS


Este livro aborda casuísticas de crianças, jovens e adultos com necessidades educacionais especiais. Apresenta conteúdo informativo e didático para educadores de diversas áreas, interessados em geral, psicólogos, parentes de pessoas com deficiência Intelectual, transtornos invasivos de desenvolvimento, dificuldades de aprendizagem e síndromes diversas.
Está evidente que no Brasil e no mundo a inclusão social e educacional está na ordem do dia. Espera-se que os leitores ampliem sua condescendência para com as pessoas cujas síndromes e transtornos são abordadas neste livro aumentando assim seu grau de entendimento para um mundo melhor.




Eis alguns temas abordados: Déficit de atenção com transtorno de personalidade:tipo impulsivo, Transtorno de déficit de atenção e Hiperatividade, Deficiência Intelectual, Síndrome de Tourrete,Síndrome de Down,Síndrome de Williams,Síndrome de Asperger,Síndrome de Edwards, Autismo Infantil, Hiperlexia, Altas Habilidades e Dificuldades de aprendizagem.
Sinopse...
Este livro apresenta conteúdo informativo e didático para educadores de diversas áreas, interessados em geral, através de casos interessantes de pessoas com necessidades educacionais especiais. É importante enfatizar que todos os nomes citados são fictícios.

Autora: Priscilla Amaral
Editora: All Print
Número de páginas:80
Valor do livro: R$ 35,00.
Valor com frete para qualquer lugar do Brasil: $45,00

Para quem tiver interesse em adquirir um exemplar autografado, favor entrar em contato através do e-mail:priscamaral@uol.com.br